De alma nova a 28 de Fevereiro de 2008 às 21:10
Morrer em cada passo. Deixar cair as pétalas já murchas. Cortar os ramos secos.
...E abrir espaço para cada renascer...


Comentar:
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres




O dono deste Blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.