Sábado, 13 de Dezembro de 2008

*a pensar*

 

Estou pensativa... comovidamente pensativa... sem saber bem o que pensar...

 

 

Fui ao super-mercado.

Quando regressava ao carro, reparei de relance no carro ao lado, com janela aberta, estando a chover.

Lá dentro um homem sentado ao volante. Novo ainda. De olhos semi-cerrados. Quase amarelos raiados pelo sangue vermelho, das veias. Senti-lhe sofrimento. Dor. Quase a tocar o desespero.

 

Pareceu-me ver algo. Não liguei. Estava a chover e eu queria entrar no carro para me abrigar.

Sentei-me no meu carro e olhei de soslaio. Não queria acreditar no que estava a ver.

 

E pergunto-me:

 

- O que leva um homem masturbar-se no seu carro num parque de estacionamento lotado?

 

 

A minha questão não tem a ver com o facto dele se estar a masturbar. Tem a ver com o que o vai dentro dele, ao ponto de o ter de o fazer assim, num local público, aos olhares, mais ou menos discretos, de quem por acaso passa para o seu veículo.

 

 

Deu-me uma vontade de chorar, de comoção, ante um ser humano assim exposto!

Não sei descrever o que senti...

 

 

 

Bom fim de semana.

Bjitos luminosos*


publicado por MoonLight às 20:51
link do post | comentar | favorito
4 comentários:
De pena a 14 de Dezembro de 2008 às 06:38
Oh, Doce Amiga:
Devia ter fechado os seus lindos olhos porque são coisas de homens, entende? Sei que sim...!!!
Apesar de ser homem, compreendo o acto por ser humano. Quantas princesinhas lhe teriam dado ("a volta" à cabeça) e provocado aquele gesto ao olhar de todos...violento...agressivo...pouco sensato e humanamente condenável...um gesto desesperado...

Não o condeno...mas...faz pensar...tentar perdoar...tentar discernir...!
Olhe, feche os olhos lindos quando tiver que fechar, POR FAVOR, sim?...
Esqueça o que viu. Sim! É anormal...
Beijinhos amigos de respeito, estima e consideração imensa.
Com admiração

pena

POR FAVOR, jamais olhe, sim? Amiguinha...
"Coisas" de homens...


De MoonLight a 14 de Dezembro de 2008 às 11:30
Amigo Pena,
obrigado pelas suas palavras.
Para mim não se trata de perdoar, nem de deixar de olhar. Não. Não sou eu que o tenho de perdoar. Se isso tiver de ser feito, é por ele. Eu não estava à espera, nunca se sabe o que vamos encontrar. :D
De modo algum, Pena, senti violência, agressividade, naquele Ser. Desespero sim! Muito! Uma angústia profunda! Violência não.
Obrigado Pena. Se tenho estes olhos, são para manter abertos e ver... :D... que esta miúda gosta de ver a beleza do mundo que a rodeia. Fechados, só para situações especiais... dormir, meditar...:D ...
Um beijo enorme amigo, que o estimo!




De pena a 19 de Dezembro de 2008 às 14:34
Genial Amiga:
Uma interioridade sentida perante o quotidiano visível que descreve ternamente e que a indigna, por ser indigno. Revolta, a sua pureza linda. Presente e Extraordinária sobre a sua óptica pessoal de significação que eu também não entendo. Agressividade ou violências físicas ou verbais não vão comigo.
Consegue conceber o enternecimento de todos(as).
Um texto sensível sobre o que a surpreendeu pelo negativismo instalado no local. Como um acto anormal e, que sempre a faz reagir como o fez agora, na sua imensa significação sensata e plena de justiça. Com a sua doce e perfeita sensibilidade.

Venho, humildemente, desejar: ADORARIA NESTE SANTO NATAL NÃO ESQUECER NINGUÉM! NINGUÉM MESMO, incluindo: OS SEM-ABRIGO, A MISÉRIA E POBREZA DE ALGUNS, AS GUERRAS, AS CRIANÇAS DOENTES OU ABANDONADAS E TODOS, MAS TODOS, EM GERAL...
UM PENSAMENTO DA MINHA SENSIBILIDADE, QUE É MINHA...!
PARA O MUNDO INTEIRO...!
NÃO ESPERO QUE ME ESCUTEM, MAS FAÇO-O COM IMENSA DEDICAÇÃO E INTENÇÕES BEM DIRECCIONADAS A TODOS...!!!
FELIZ NATAL...!
É O MEU DESEJO SÉRIO E SINCERO; ACREDITEM POR FAVOR...

A ENORME pessoa que é, de certeza que me escutará.
Sem palavras pela comoção do seu lindo Post brilhante e fantástico em que expressou o seu delicioso sentir e ser.
É mesmo um Ser Humano ímpar de talento que faz pensar com plena atenção e comoção.
Beijinhos Amigos Gigantes respeitadores e sinceros pela sua fabulosa escrita que fascina, mesmo em alturas nada boas.
Sempre a admirá-lo com elevada estima

pena


De pena a 20 de Dezembro de 2008 às 09:35
Desculpe Amiga Linda, este comentário está mal enquadrado. Destinava-se ao primeiro Post.
Por lapso, comentei aqui.
Beijinhos e FELIZ NATAl extensivo à sua família.

Desculpe.

pena


Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.*Hoje ando a cantarolar...*


OM MANI PADME HUM - Tibetan Incantations

.posts recentes

. * até já! *

. * pedido de ajuda *

. * ouço baixinho *

. * obrigado *

. * cores *

. * stand by me *

. * PAZ *

. *2 anos*

. *Muitas e Boas Festas!*

. *mais uma história... inf...

.Fevereiro 2009

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
16
17
18
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28


.arquivos

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

.*Quem traz Luz por cá*

coches de ocasion
coches de ocasion

.tags

. todas as tags

.as minhas fotos

.links